"Sê dono da tua vontade e escravo da tua consciência." Aristóteles
24.11.09

A maior exigência que propomos para o funcionamento e processos internos do nosso partido conquista-se no caminho de aproximação, informação e comunicação com os militantes.

O esforço de actualização dos ficheiros centrais do CDS permite hoje ao partido chegar às pessoas sem a mediação deste ou daquele militante alegadamente “mais bem informado”. Munido das ferramentas de comunicação modernas, o CDS vive um momento histórico que lhe permitirá inverter de modo definitivo lógicas de funcionamento interno que mais não promoveram do que um partido de filiados, mas sem militância.

 

Queremos um partido de militantes comprometidos, empenhados e donos do destino do CDS. O caminho por onde vamos será alavanca de uma cultura de reporte, de informação, de transparência e prestação de contas. Uma cultura própria de quem reconhece servir os interesse dos legitimos “mandatários” da vida interna de um partido: os seus militantes.

Propomo-nos assim a reunir com frequência em Assembleia Concelhia todos os militantes, para os consultar, para lhes pedir que se pronunciem, para os envolver no compromisso de tomadas de posição sobre os grandes temas da Cidade que queremos aprofundar!

 

Queremos promover uma relação estreita entre militantes e os seus representantes nos diversos orgãos autárquicos da Cidade. O trabalho dos nossos autarcas merecerá reporte periódico aos militantes do CDS sob a forma de mailings, newsletters e outros meios de comunicação com recurso à tecnologia. Sem esquecer os plenários de militantes, espaço maior de debate e reporte, a Concelhia do CDS não deixará de promover encontros com periocidade minima entre os autarcas de cada órgão e os militantes do partido na respectiva circunscrição.

 

O primeiro dos passos a dar, firme e decidido, no caminho de uma maior exigência, será o de requerer ao Presidente da Assembleia Concelhia a convocação de um plenário de militantes a realizar antes do final de Janeiro de 2010, no qual iremos apresentar ao partido, e pedir a sua aprovação, ao plano de actividades que planeamos vir a realizar e pelo qual deveremos ser julgados dentro de dois anos.

 

Miguel Barbosa
 

link do postPor cdsportodefuturo, às 02:18  comentar

ELEIÇÕES NO CDS DO PORTO

Dia 26 de Novembro, das 18h às 22h, na Rua Ricardo Severo

COMISSÃO POLÍTICA

Miguel Barbosa

Gonçalo Lobo Xavier
Afonso Cabral
André Rocha Pinho
Mafalda Botelho Gomes

Luis Lencastre

António Folhadela
Miguel Dias
Camil Laljee

Gonçalo Magalhães

Verónica Veiga de Faria
Joaquim Ramalho

Maria Lacerda
Pedro Soares Pinto
Tiago Freitas

MESA DO PLENÁRIO CONCELHIO
Carlos Furtado
João Moreira Porto
José Mexia

 

ASSEMBLEIA DISTRITAL
Filipa Correia Pinto
Gonçalo Lobo Xavier

João Castro Pinheiro
André Rocha Pinho
Afonso Cabral
Luis Lencastre
Verónica Veiga de Faria
António Folhadela

Camil Laljee
Pedro Soares Pinto

 

MANDATÁRIO

Manuel Queiró

CARTA DE PRINCÍPIOS

links
Novembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
20
21

25
26
27
28

29
30