"Sê dono da tua vontade e escravo da tua consciência." Aristóteles
24.11.09

Ao Porto que sonhamos chega-se pelo caminho do emprego. Este é um caminho que devemos percorrer com uma atitude positiva. O Porto não se pode esquivar do confronto com as debilidades estruturais que a região apresenta, e que permitem à violenta conjuntura que vivemos castigar de forma assustadora as nossas empresas, as nossas familias, a nossa gente!

 

Esta batalha deve começar por se travar com um duro combate à fuga de cérebros que quotidianamente delapida o capital de talento da Cidade e da Região. O Porto deve afirmar-se como espaço de criatividade, de conhecimento e a inovação, verdadeiras ferramentas da construção de um modelo de desenvolvimento capaz de fixar as suas gentes, e realizar os seus melhores quadros.

 

Temos a noção que não estamos em condições de fazer este caminho sozinhos. Temos ainda assim a responsabilidade de procurar reflectir e encontrar propostas capazes de contribuir para a inversão do fenómeno. Devemos dar a palavra a todos os que se viram obrigados a deixar o Porto rumo a Lisboa, ou mesmo abandonando o país, na busca da realização profissional que cá não encontraram. Devemos ouvi-los, procurar perceber os seus fundamentos e, em conjunto, com imaginação, identificar pistas para uma solução, corporizadas em propostas do CDS. Assim, o primeiro passo a dar será organizar um dia de debate sobre o tema, trazendo ao CDS estas pessoas. Será a “Convenção dos Expats”.

 

Temos a plena consciência que este caminho irá inexoravelmente entroncar com o caminho da criação de condições de competitividade e eliminação de barreiras de contexto regional, pelo que não deixaremos de percorrer também com determinação esse caminho, com paços de esclarecimento, ouvindo, reflectindo e debatendo o tema sob perspectivas diferentes, com o contributo de saberes diversos e, finalmente, desafiando o CDS do Porto, pelo voto dos seus militantes, a tomar posição sobre qual o sentido a seguir em direcção à inadiável descentralização administrativa do Estado.

 

Estaremos pois reunidos no “Dia do CDS Porto” a debater esta questão e, em plenário de militantes, tomar partido.


Miguel Barbosa
 

link do postPor cdsportodefuturo, às 02:14  comentar

ELEIÇÕES NO CDS DO PORTO

Dia 26 de Novembro, das 18h às 22h, na Rua Ricardo Severo

COMISSÃO POLÍTICA

Miguel Barbosa

Gonçalo Lobo Xavier
Afonso Cabral
André Rocha Pinho
Mafalda Botelho Gomes

Luis Lencastre

António Folhadela
Miguel Dias
Camil Laljee

Gonçalo Magalhães

Verónica Veiga de Faria
Joaquim Ramalho

Maria Lacerda
Pedro Soares Pinto
Tiago Freitas

MESA DO PLENÁRIO CONCELHIO
Carlos Furtado
João Moreira Porto
José Mexia

 

ASSEMBLEIA DISTRITAL
Filipa Correia Pinto
Gonçalo Lobo Xavier

João Castro Pinheiro
André Rocha Pinho
Afonso Cabral
Luis Lencastre
Verónica Veiga de Faria
António Folhadela

Camil Laljee
Pedro Soares Pinto

 

MANDATÁRIO

Manuel Queiró

CARTA DE PRINCÍPIOS

links
Novembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
20
21

25
26
27
28

29
30